Fliperama Nostálgico / 1992 / X-Men

X-Men (c) 1992 Konami.

X-Men é um side-scrolling beat-em-up que traz o super grupo na missão de encontrar e resgatar o Professor X, que foi capturado por Magneto e seus mutantes do mal.

Cada personagem tem um botão de ataque, pulo e de poder mutante. O ataque de poder mutante é um movimento especial poderoso e exclusivo para cada X-Men. Enquanto inflige um monte de dano sobre os inimigos, o seu uso remove 3 barras do medidor de vida dos jogadores (No total contém 10 barras). Cada nível termina com um encontro contra um poderoso personagem mutante maligno.

O jogo tem seis estágios, com o final definido no Asteróide M a base de Magneto. Os mutantes derrotados dos níveis anteriores fazem uma aparição (embora de forma menos poderosa) antes do encontro final com o próprio Magneto. Em um tipo de “salão de chefões” aonde três deles vem juntos para o combate.

Os jogadores podem escolher entre 6 personagens X-Men, eles são:

Ciclope, Colossos, Wolverine, Tempestade, Noturno e Cristal

– TÉCNICA –

ID do jogo: GX065

CPU principal: Motorola 68000

CPU de som: Zilog Z80

Chips de som: Yamaha YM2151, K054539

Jogadores: 6

Controle: Controle de 8 direções

Botões: 3 (Ataque, pulo e Poder Mutante)

– CURIOSIDADES –

X-Men foi lançado em abril de 1992.

X-Men é baseado na série de quadrinhos do mesmo nome (a maior parte do enredo do jogo é vagamente baseado no desenho de 1989 X-Men chamado “Pryde Of The X-Men”).

Filme: https://mega.nz/#!9A5DQJRD!do5-dNNEq4KkKl4-B426DwnVDtt9yZYID2whAWc9Oy0
Legenda: https://mega.nz/#!gEBDAbrZ!SWtjUW3nytJcwUvyc6FmRc9vSnKQL_Fa5ZjHhjifVpA

Aqui estão os quadrinhos de estréia para todos os personagens Marvel deste jogo, incluindo personagens não jogáveis:

  • Cyclops (também conhecido como Scott Summers) X-Men #1
  • Colossos (aka Piotr Nikolaievitch Rasputin) Tamanho Gigante X-Men #1
  • Wolverine (também conhecido como James “Logan” Howlett) Incrível Hulk #180
  • Tempestade (aka Ororo Munroe) Tamanho Gigante X-Men #1
  • Noturno (também conhecido como Kurt Wagner) Tamanho Gigante X-Men #1
  • Cristal (também conhecido como Alison Blaire) X-Men #130
  • Professor X (também conhecido como Charles Francis Xavier) X-Men #1
  • Lince Negro (também conhecido como Katherine “Kitty” Pryde) X-Men #129
  • As Sentinelas X-Men #14
  • Bonebreaker – Uncanny X-Men #229
  • Pyro (também conhecido como St. John Allerdyce – Chefe do estágio 1) Uncanny X-Men #141
  • Blob (também conhecido como Fred J. Dukes – Chefe do estágio 2) X-Men #3
  • Wendigo (Chefe de estágio 3) Incredible Hulk #162
  • Molde Mestre (Nível 4 chefe) X-Men #15 / X-Men #50 1ª Série (Abril Jovem)
  • Rainha Branca (também conhecida como Emma Grace Frost – Mid-Boss do estágio 5) Uncanny X-Men #129
  • Fanático (também conhecido como Cain Marko – Chefe do estágio 5) X-Men #12
  • Mística (também conhecido como Raven Darkholme – Chefe do estágio 7) Ms. Marvel #16
  • Magneto (também conhecido como Erik “Magnus” Lehnsherr – Chefe final) X-Men #1

Na tela de demonstração de Noturno, seu nome aparece escrito como “Nightcrowler” e o certo é “Nightcrawler”.

Embora “Final Fight” tenha definido o padrão para os beat´n up o jogo dos X-Men da Konami criou várias inovações para o gênero, incluindo a habilidade de bater em oponentes caídos para impedir que voltem a se levantar, assim como o “poder mutante” que pode limpa a tela dos inimigos e a barra de vida dos jogadores entre outras coisas. O jogo é lembrado com carinho por aqueles que jogaram por sua diversão sendo o jogo viciante e possui gráficos super coloridos. No entanto é também muito criticado pelo seu script trazer frases como “Eu sou Magneto, mestre do magnestimo”.

Bill Toups mantém o registro oficial para este jogo com 830 pontos em 20 de Abril de 1997. E continua sendo o grande campeão até hoje:

http://www.twingalaxies.com/scores.php?player=1512

Uma maquina de X-Men aparece no filme de 1998 “The Replacement Killers”, no Brasil “Assassinos Substitutos”.

Michael Jackson costumava ser o dono deste jogo (Número de série: 1099L). Foi vendido no leilão oficial de Michael Jackson em 24 de abril de 2009.

Uma coisa útil sobre esta versão de 6 jogadores e sobre a tela ser mais longa. Isso é muito útil para desviar dos ataques inimigos já que há mais espaço de tela física para o campo de jogo, fazendo algumas lutas mais fácil, uma vez que você não está tentando ver os inimigos fora da tela com tanta frequência e permitindo a Konami de dar a sensação correta para as cut-scenes, já que não precisavam “cortar” para os lados com as partes animadas.

Devido a certas questões, os gabinetes para 2 e 4 jogadores, tinha a ocorrência comum seleção de personagens, enquanto os gabinetes de 6 jogadores forçavam as seleções pelo controle que o jogador escolhia.

Diferenças entre as versões japonesa e americana de 2 jogadores:

  • A introdução das cut-scene e algumas das outras animated cut-scenes contêm legendas em japonês.
  • Durante o jogo algumas sentinelas aparecem com uma coloração branca e rosa, se você derrotá-los, você pode pegar um power-up de energia ou uma bola de power-up mutante.
  • Sempre que você usar um ataque de poder mutante, você usará uma bola de poder antes de perder energia para usar outro ataque. Na versão dos USA entretanto, você perde a energia primeiramente, a seguir você poderá usar uma esfera de poder mutante.
  • Os estágios 1 e 4 na versão japonesa começam um pouco à frente da versão dos EUA.
  • O robô pterodactyl que é um mid-boss no estágio 4 aparece muito mais cedo na versão japonesa.
  • A versão dos EUA têm a tela “Winners Do not Use Drugs”.

– SERIE –

Não possui

– PORTES –

* Consoles:

Sony PlayStation 3 [PSN] [EUA] (14 de Dezembro 2010) [Modelo NPUB-30320]; Sony PlayStation 3 [PSN] [EU] (2 de Fevereiro 2011); Microsoft XBOX 360 [XBLA] [EUA] [UE] [JP] (15 de dezembro de 2010)

– FONTE –

www.arcade-history.com

Você pode gostar...